Guiados pelo Espírito

Texto Base: João 3:5-8

Introdução: Uma vez que decidimos abrir nosso coração e aceitar Jesus como Senhor e Salvador, precisamos ter em mente que nossa vida deixa de ser guiada pelo “Eu” e passa a ser conduzida pelo Espirito Santo. Essa consciência é fundamental para vivermos a vida abundante prometida em João 10:10b.

É óbvio que esse governo do Espírito Santo só é possível com permissão do homem, e nesse ponto muita gente, mesmo depois de ter aceitado a Jesus, querem continuar no controle. Isso é nítido dentro da igreja, olhamos para um lado e vemos gente com comportamento rebelde, olhamos para o outro lado e ali estão aqueles que “cheios de razão” tem o coração contaminado com a ira, ressentimento, partidarismo (obras da carne Gl 5:19-21). É muito triste, por que não é esse o plano de Deus.

Se somos de Deus precisamos ser guiados por Ele manifestando os frutos desse governo (Gl 5:22).  

É fato que nossa carne estará sempre em oposição ao nosso espírito. A carne está sempre inclinada ao pecado e o espírito tem sempre o desejo de estar em comunhão com Deus e fazer a sua vontade. Hoje precisamos vencer a carne e definitivamente colocar nossa vida sobre o controle do Espirito Santo. Como isso é possível?

1) O primeiro passo é a decisão

Nicodemos como religioso chegou a Jesus cheio de argumentos, queria uma definição lógica acerca da salvação. Jesus o surpreende dizendo que uma nova vida começa quando o homem decide renascer.  De imediato aquele que se jugava sábio e letrado na palavra de Deus, abriu o coração para receber o novo. Não se importou com sua posição, e o que poderia perder.

Creio que Deus espera a mesma postura de cada um de nós, enquanto é tempo precisamos decidir pelo governo do Espírito Santo. Não podemos viver uma nova vida conservando velhos hábitos.

2) O segundo passo é a submissão

Aceitar a Jesus dentro de um contexto onde a palavra e até mesmo uma canção toca no coração é uma coisa, e perseverar na decisão quando os princípios de Deus se levantam e confrontam os nossos desejos é outra completamente diferente.

Muita gente abre mão do governo do Espírito Santo quando precisa se submeter. Esquecem o que Jesus disse Mateus 16:24:  “Se alguém quiser vir após mim, NEGUE-SE a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me”.

Como homens não gostamos nenhum pouco desse negar-se a si mesmo, o que esquecemos que é não outra forma de caminhar com Deus se não for assim.

Ainda que muita coisa não esteja de acordo com nossos desejos, pensamentos, ideias a vontade de Deus precisa prevalecer sempre.


Conclusão: Deus tem sempre o melhor para o seus filhos. Os pensamentos e planos de Deus serão sempre mais elevados que os nossos. Precisamos tomar a decisão de nos submeter ao seu governo para que sejamos sempre guiados aos verdes pastos e as águas tranquilas.

Compartilhar: