Princípios para prosperidade - parte 2

Texto Base: Deuteronômio 26:10 e Romanos 11:16

Introdução: Todo mundo quer sempre receber o melhor de Deus, quer desfrutar de suas promessas, mas o que muitos esquecem é que o Reino de Deus é movido por princípios. Quando caminhamos por princípios os resultados aparecem, a benção se manifesta.

Viver o evangelho de Cristo não é uma aposta, um jogo, um salto no escuro, uma caminhada sem rumo, ao contrário, quem caminha com Deus e cumpre seus princípios vive seguro, pois sabe que o melhor está sempre por vir.

O Espírito de Deus tem me impulsionado a ministrar sobre princípios, porque seus filhos estão deixando de viver por eles para viver movidos por sentimentos.

Hoje muitos especialmente na hora de contribuir com a obra de Deus esperam que a palavra lhe toque o “coração”, lhes cause um sentimento para que só então se movam na direção do altar. Isso está errado, o que deve nos impulsionar a ser um mantenedor da obra não é o sentimento, mas os princípios.

Um principio que certamente te levará a desfrutar de todas as promessas de Deus é o principio das primícias.

O QUE SÃO AS PRIMÍCIAS?

Primícias é um principio estabelecido por Deus para abençoar o seu povo.

Quando Deus estabeleceu esse principio, Ele tinha em mente abençoar a colheita do seu povo e para isso os primeiros frutos da terra deveriam ser entregues a Ele como oferta. A consagração dos primeiros frutos era a garantia, de que toda a colheita seria muito abençoada.

Primícias aponta para primeiro, precisamos entender que o Senhor deseja estar nessa posição. Como servos do altíssimo precisamos dar prioridade ao Senhor, conforme esta determinado em  Mateus 6:33 - Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

É importante dizer que as primícias como principio espiritual, vai além da oferta, é um principio que deve ser aplicado em tudo: família, trabalho, ministério, casamento, etc., pois em tudo devemos entregar o nosso melhor em primeiro lugar ao Senhor. Quando cumpro o principio:

1- Alegro o coração de Deus – Em Gênesis 4:4 Vemos que Deus se agradou da atitude de Abel ao entregar as Primícias e reprovou a atitude de Caim ao oferecer a Ele apenos o que sobrou.

2- Recebo unção para conquistar - Josué 6:18 e 19 Está escrito que todos os despojos da primeira cidade conquistada por Josué não poderia ser tocado, pois pertencia ao Senhor. Deus queria entregar a totalidade da terra a Josué e seu povo , mas eles precisavam obedecer o principio. A história mostra que um homem chamado Acã desobedeceu e ao invés de receber unção para conquistar sofreu grave consequência, morreu ao lado de toda sua casa.

3-  Recebo unção para prosperar –  Em Pv 3:9-10 está escrito que se honro ao Senhor com as primícias verei meus celeiros se encherem fartamente e meus lagares transbordar. Isso é tão verdade que I Reis 17:13 e 14 está registrado a história de uma mulher que enfrentava uma grave crise. Em sua nação não havia comida e em sua casa restava apenas um pouco de farinha na panela e um pouco de azeite numa botija. Ela faria um bolo e comeria com seu filho e depois morreria. O profeta chega em sua casa e ela faz um bolo e entrega a ele como primícias. Por causa da obediência ao cumprimento do princípio, diz a bíblia que não faltou farinha na panela nem azeite na botija até ao dia em que o SENHOR fizer chover sobre a terra.


Conclusão: Não viver por sentimentos cumpra o principio e receba de Deus a benção.  

Compartilhar: