Árvores frutíferas

Texto Base: João 15:1-8

Introdução: Assim como no mundo físico existem árvores frutíferas e infrutíferas, no mundo espiritual, também podemos encontrar aqueles que frutificam e os que permanecem na esterilidade completa.

Isto acontecesse porque existem duas classes de pessoas, aqueles que estão ligados na videira que Jesus e os que permanecem na independência. Os que ouvem e obedecem a Deus e aqueles que podem até ouvir, mas não estão dispostos a obedecer.

Quando alguém toma a decisão de servir a Jesus, precisa lutar pra se tornar uma árvore frutífera. Ninguém, após verdadeiramente se encontrar com Jesus pode ficar da mesma forma.  Paulo recomenda isso em Efésios 4:28-30: “Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade. Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem. E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.”

É desejo de Deus liberar sobre sua vida abundancia de bens, de paz, de alegria, de fé, de saúde. Mas você precisa tomar a decisão de ser uma árvore frutífera.

Nos tornamos árvore frutífera quando:

1) Decidimos estar ligados na videira verdadeira que é Jesus.
Jesus afirmou que quem estivesse com ele passaria a produzir frutos. Quando estamos ligados a videira, o resultado de nossa decisão vai impactar a vida daqueles que nos cercam e fará com que outros frutos sejam produzidos.
Muitas pessoas estão mais ligadas em coisas e pessoas que no próprio Deus.

2) Decidimos honrar ao Senhor
Deus nos resgatou das trevas, nos colocou na sua maravilhosa nos limpou e precisamos honrar o que ele fez e continua fazendo por nós. Honramos a Deus quando decidimos não nos contaminar com este mundo. Quando decidimos nos afastar das más companhias, das más conversações, do caminho dos pecadores, da roda dos escarnecedores. Honramos a Deus quando O colocamos em primeiro lugar em nossas vidas. Honramos a Deus quando dedicamos a ele nossos bens.
É importante destacar que honra se prova com ações e não apenas com palavras. Quando entregamos as ofertas, os dízimos, as primícias manifestamos a honra. Todo aquele que está ligado na videira precisa manifestar sua honra cumprindo os princípios estabelecidos por Deus nesta área.

3) Quando decidimos viver em santidade – A santidade é uma decisão, a Palavra declara que o pecado não tem domínio sobre os filhos de Deus, sobre aqueles que estão conectados na videira.


Conclusão: Deus quer que você seja conhecido como árvore frutífera. Levante-se hoje mesmo e manifestando sua decisão através de atitudes. Fale do amor de Deus, seja exemplo de mudança de vida, seja fiel ao Senhor.

Compartilhar: