Esperança

Texto Base: Salmos 33:18

Introdução: Todas a vezes que alguém se levanta para andar na direção da vontade de Deus, inevitavelmente terá que enfrentar as forças espirituais da maldade que lutam para aprisionar o homem  nas cadeias espirituais e emocionais. 

O apóstolo Paulo é um exemplo dessa realidade, ele foi um homem extremamente usado por Deus, estabeleceu igrejas, seu ministério foi marcado por milagres extraordinários. Encontramos em Atos 19:11-12 o relato de muitas curas operadas por seu intermédio.
Sua postura no reino de Deus, incomodou o império das trevas, mas Paulo mesmo sofrendo perseguições e até prisões, era um homem livre porque nunca abriu mão da esperança.

Assim como Paulo não podemos abrir mão da esperança por algumas razões:

A primeira - A esperança é o que nos faz viver no presente seguros, tranquilos de que tudo o que necessitamos já esta a caminho.

Em Jeremias 29.11 está escrito - “Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês', diz o SENHOR, 'planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro”.

Os planos de Deus em relação a nós são planos de prosperidade, de crescimento.

O inimigo luta para que nosso olhar esteja sempre nas lutas, nas dificuldades, nas aparentes impossibilidades, por que ele sabe que se nossa atenção estiver nestas coisas, logo estaremos desanimados, cansados, distantes da promessa.

Não podemos de forma alguma andar firmados naquilo que vemos, precisamos caminhar firmados nas promessas de Deus.

A segunda - A esperança é o que nos faz viver alegres mesmo em meio as condições adversas

Leia Isaías 54 1-3 - Nesta palavra Deus diz que a mulher estéril deveria se alegrar e exultar de alegria por causa de seus filhos e sua grande posteridade.

O profeta não diz que ela deveria se alegrar quando tivesse seus filhos, num futuro distante, mas no presente, no agora, mesmos que ainda não tivesse filhos, pois aquilo que para ela estava estabelecido, se cumpriria.

"A alegria do Senhor é a nossa força". A pessoa que aprende a se alegrar com os planos de Deus para sua vida possui uma força sobrenatural.

“O coração alegre é como o bom remédio, mas o espírito abatido seca até os ossos.” (Provérbios 17:22).


Nossos sentimentos influenciam diretamente em nosso corpo. A ciência atesta o que a Bíblia a muitos templo declara que um coração alegre é um bom remédio.


Compartilhar: