Unção de aceleração



Texto Base: Isaías 40:31

Introdução: Em nosso tempo tornou-se comum convivermos com pessoas cansadas, sobrecarregadas por causa da correria do dia a dia, das responsabilidades com a casa, trabalho e tantas outras áreas que exigem a atenção e esforço.  Em função dessa pressão muitos se sentem sem forças para continuar a jornada e desistem da luta. 

É certo que diante das pressões somos tentados a desistir, mas essa nunca será a melhor opção especialmente para um servo de Deus. A desistência é uma estratégia maligna para nos impedir de alcançar as promessas do Pai.  Então o que fazer? Quando o cansaço, a sobrecarga, o stress bater a porta precisamos confiar que nosso Deus “Dá força ao cansado e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor.  

Chegou o tempo da aceleração onde teremos em dois anos o que seriam necessários dez para conquistar e nesse tempo precisamos lutar com todas as nossas forças contra tudo o que se levanta para nos afastar dos planos e projetos do Eterno.

Alguém que crê e espera viver a promessa de aceleração tem que ter pelo menos três posicionamentos:

Primeiro: Disposição para lutar

Há um ditado popular muito conhecido que diz que sem luta não tem vitória. É óbvio que a vitória é fruto de guerra, mas em meio as pressões acabamos desprezando esse posicionamento.

Quando o povo de Israel chegou a Terra da promessa, Deus se manifestou ao líder e falou claramente a ele: “dispõe-te, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que eu dou aos filhos de Israel” Js. 1:2.

Naquele momento Josué estava completamente desanimado, sem ação, pasmo, sem saber o que fazer diante da situação. Muita coisa havia acontecido até chegarem ali. Ele provavelmente estava muito cansado, mas Deus deu ordens para descansar, ao contrário Josué precisava continuar a caminhada. Assim como Deus se manifestou no passado Ele hoje também se manifesta para dizer o mesmo: É tempo de se levantar e lutar. Suas forças, suas conquistas, suas vitórias vão ser multiplicadas.

Segundo: Encare os desafios com coragem

Hoje, muita gente que se diz servo de Deus, mas na primeira prova de fogo, para “salvar” sua pele larga tudo e como covarde, foge.

Deus falou a Josué: “ Não tenha medo, esforça- te, tem bom ânimo Eu sou contigo por onde quer eu andares”. O medo nos paralisa, nos bloqueia, nos afasta da benção, por isso não tema, Deus, também é contigo. Em II Timóteo 1:7 está escrito que “Deus não nos concedeu espírito de covardia”.

Terceiro: Seja obediente ao Senhor em tudo 

Muitos crentes são fortes nas questões de fé, determinação, coragem, mas quando se trata de obediência demonstram extrema fraqueza. Isso é preocupante por que podemos conquistar muito, tomar territórios, avançar na multiplicação, mas por falta ou fraqueza nessa área podemos colocar tudo a perder.

Sei que Deus está fazendo algo poderoso em nosso meio. Teremos em dois anos o que seriam necessários dez, mas, precisamos tomar a decisão de treinar a obediência.

Conclusão: Chegou o tempo do extraordinário de Deus, tempo de aceleração.  Se o cansaço, as pressões querem te fazer parar, desistir não aceite, não permita que nada venha te roubar desse tempo tão especial.

Compartilhar: