Livres do Pecado








Texto Base: Mateus 8:1-4

Introdução: No texto acima encontramos o relato de um leproso que se aproximou de Jesus clamando por cura. A lepra, naquela época, era uma doença que tornava a pessoa imunda, indigna e impossibilitada de qualquer convívio social. Mas é bem interessante ver que aquele homem, mesmo consciente de sua condição, prostrou-se aos pés de Jesus e o adorou e com essa atitude Jesus iniciou em sua vida uma obra de limpeza.

A lepra na Bíblia tipifica o pecado, algo que torna o homem sujo, indigno. Um mal que distancia o homem do Senhor, e até mesmo da Sua igreja.

Infelizmente hoje muitos estão contaminados com o pecado, e bem diferente deste homem não fazem nada para mudar de vida. É como se já estivessem acostumados ou mesmo resignados com a sua condição, esquecem que “o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna por intermédio de Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 6:23).

É preciso abrir o entendimento e perceber que Jesus tem interesse de purificar seus filhos. Ele veio buscar e salvar o que se havia perdido, o que Ele quer ver é apenas o desejo de mudança. Se o pecado tem contaminado sua vida renda-se, busque ao Senhor, peça misericórdia a Ele.

O pecado traz muitas consequências, muitas feridas para a alma, mas assim como Jesus tocou o corpo daquele homem e o curou milagrosamente, hoje o mesmo Ele fará em sua alma. Jesus pode e quer nos curar agora.

O profeta Jeremias, ao ver a situação de seu povo, se coloca na situação do povo e também reconhece sua necessidade de cura: "Sara-me, Senhor, e sararei; salva-me e serei salvo. Porque tu és o meu louvor". (Jr 17:14).

O desejo de Deus para a nossa vida é curar-nos e usar-nos para levar esta curar a outros. Nesse processo de purificação algumas coisas são importantes:

Primeiro: Temos que ser humildes.

A Bíblia diz que o Senhor dá graça ao humilde, mas resiste ao soberbo. Precisamos agir como aquele leproso que se prostrou diante de Jesus, reconheceu sua incapacidade de curar-se e humildemente pediu auxílio.

As vezes em consequência dos erros que cometemos estamos feridos na alma e até mesmo no espírito, mas não temos essa atitude de pedir ajuda. Os pastores, os discipuladores, os líderes de células são pessoas que foram levantadas por Deus para nos ajudar e mesmo assim, o orgulho é tão grande que não nos permite pedir ajuda.

Aquele homem foi curado por Jesus o sumo sacerdote e depois da cura ainda foi orientado a procurar o sacerdote. (leia o V.4)

Segundo: Temos que nos mover por fé

A cura se processou na vida daquele homem porque ele recebeu a palavra da cura. Jesus apenas disse: sê limpo e ele prontamente creu.

As vezes não sentimos que somos merecedores do perdão, da misericórdia de Deus e ao invés de nos movermos por fé, somos conduzidos por nossos sentimentos, com isso deixamos de receber o perdão, a cura.

Jesus quer nos curar, nos libertar, nos perdoar, precisamos crer nisso.


Conclusão: Que hoje nosso coração se abra para o Senhor e que toda nossa condição seja completamente transformada. Não podemos ficar distantes da presença de Deus, do convívio da igreja, ao contrário, somos filhos e como filhos precisamos estar sempre na casa do Pai.

Compartilhar: