Tempo de conquista




Texto Base: Josué 14:5-14

Introdução: Quando Deus  libertou seu povo do cativeiro egípcio ele prometeu conduzí-los a uma terra boa e larga, terra de abundância, que mana leite e mel.

Deus fez a promessa, mas a mesma  só se concretizou por que dois homens, Josué e Calebe ,  receberam e  decidiram lutar por ela.

Uma promessa pra se materializar precisa ser velada, cuidada, trabalhada, necessita de investimento.

Deus disse que daria a posse de um território, mas não falou que seria de uma só vez, e mergulhando nas páginas do livro de Josué podemos ver com clareza que a conquista veio: uma cidade por vez, uma nação após outra.

Toda conquista tem um início, quem quer chegar a mil, tem que passar obrigatoriamente, por um, depois mais um, depois mais um, primeiro se formam as dezenas, depois as centenas e depois que se chega a casa dos milhares. Não podemos  desprezar o que vem pela frente, o que ainda não foi conquistado.

Neste aspecto Calebe nos dá uma lição tremenda, lutou ao lado de Josué, tomou posse da terra, mas não desprezou a promessa de Deus. Apesar de ter conquistado muito ao lado de seu companheiro e líder, não abriu mão de Hebrom.

Calebe lutou e alcançou a promessa pois: 

1- Lutou pela conquista: Calebe perseverou,  não descansou enquanto não viu a promessa de Deus se cumprir. 
Precisamos seguir o exemplo de Calebe, porque às vezes enfrentamos dificuldades e empecilhos para conquistar determinada promessa e mediante as adversidades desistimos, porém aquele que luta e não desiste com toda certeza alcançará a conquista. 

2- Caminhou de acordo com a promessa: Quando Calebe esteve pela primeira vez em Hebrom, dez de seuscompanheiros temeram, pois naquele território estavam instalados os anquins, homens gigantes, treinados para guerra. Havia uma diferença entre Calebe e seus companheiros, enquanto os dez olhavam para as dificuldades, para as barreiras, Calebe fixou seus olhos na promessa e isso foi fundamental na conquista de Hebrom.
Precisamos ouvir a voz da promessa e caminharmos em direção a ela, não podemos desistir. A chave principal que fez Calebe alcançar a realização da promessa foi a perseverança. Precisamos ter um propósito e perseverar nele até o fim.

3- Creu contra a esperança:  Não podemos ter a linguagem de desistência, não existe nada impossível para Deus, se ele prometeu ele vai cumprir.  
Toda terra pode ser conquistada tudo o que precisamos é crer e lutar, assim como Calebe fez. E conquistar o nosso Hebrom.

Conclusão: Todos nós temos um “Hebrom” para conquistar, seja ele um casamento, cura, emprego, prosperidade, libertação, enfim todos temos um alvos de conquista. E tudo o que Deus quer de nós mediante essa promessa é a perseverança. Calebe reivindicou o seu Hebrom mesmo tendo passado 45 anos ele não desistiu da sua promessa. 
Quando você levantar a sua voz em oração e reivindicar com fé, poder e autoridade Deus vai fazer algo novo acontecer, uma unção de conquista virá sobre sua vida.

Compartilhar: